29 de agosto de 2013

Opinião - Inimigo


Americano contra americano. Irmão contra irmão. Numa guerra civil tão cruel como a americana há heróis, vilões e... um inimigo. 

Com a mestria e excelência a que Bernard Cornwell habituou os seus leitores, eis que mergulhamos na devastação da Guerra Civil Americana e testemunhamos as vitórias e derrotas dos exércitos do Sul e Norte. 
No meio da carnificina, dois amigos de infância, Nathaniel Starbuck e Adam, decidem ir contra familiares e amigos para lutar pelas próprias convicções, imersos no sangue e horror da guerra. 
E mesmo após provar a sua bravura através de grandes feitos militares, a carreira de Nathaniel é posta em perigo pelas suspeitas e hostilidade do brigadeiro-general Washington Faulconer. O resultado desta luta sem quartel irá alterar drasticamente os destinos de ambos os homens e lançá-los naquela que foi uma das mais sangrentas e decisivas batalhas do conflito americano… Conseguirá Nathaniel sobreviver incólume, mesmo rodeado de inimigos?

Opinião:

Inimigo é o terceiro volume da saga "As Crónicas de Nathaniel Starbuck", saga que retrata a Guerra Civil Americana. 

Nate agora lidera uma das companhias da Legião Faulconer mas mesmo assim tem de enfrentar a oposição de Faulconer, que o despreza por pensar que ele contribuiu para a "traição" do seu filho.

Neste livro continuamos a seguir a terrível guerra civil que devastou os Estados Unidos, e assistimos à Segunda Batalha de Manassas . Que mais uma vez está excelentemente retratada, tanto em termos tácticos como pela descrição do sofrimento e sensações dos intervenientes.


Segunda Batalha de Manassas ou Bull Run

Esta é uma saga que todos os amantes da história deviam ler. Recomendo!

Avaliação: 8-10
Enviar um comentário