25 de setembro de 2013

Opinião - Espada e Cimitarra



Uma batalha entre dois continentes

No ano de 1565, a Europa ameaça desmoronar-se. Dividida, não consegue fazer frente a um implacável Império Otomano em expansão. Quando uma gigantesca frota turca se aproxima, toda a esperança de um continente caído em desgraça está numa minúscula ilha no meio do Mediterrâneo: Malta. E para a defender apenas restam os Cavaleiros da Ordem de Malta. 

Um homem dividido 

Entre os convocados para resistir e morrer está o veterano caído em desgraça, Sir Thomas Barrett. O instinto de honra força-o a colocar a Ordem acima de tudo, mas o seu desejo secreto é o de voltar a ver a mulher que sempre amou. Para piorar tudo, é incumbido de uma missão secreta pela rainha Isabel, que vê nos Cavaleiros uma ameaça ao seu reino. 

Um dia para mudar a História 

Enquanto Sir Thomas confronta o passado que lhe custou a honra, um grandioso exército inimigo lança o cerco à ilha. No meio de gritos e morte tudo se decidirá: o destino da fé cristã, o fim ou a glória dos Cavaleiros de Malta, e o futuro de uma Europa que nunca esteve tão próxima da aniquilação total.

Opinião:

"Espada e Cimitarra" é o primeiro livro que leio de Simon Scarrow, e tinha as expectativas altas por tudo de bom que ouvi sobre as suas obras, e devo dizer que este livro não me desiludiu

Neste livro é retratado o cerco feito pelo Império Otomano à ilha de Malta que na altura era uma possessão da Ordem dos Cavaleiros de Malta, também conhecidos como Hospitalários, no ano de  1565. 

"El Sitio de Malta" - pintura de Egnazio Danti do século XVI 

Sir Thomas Barrett , um cavaleiro que foi afastado da Ordem por manter um caso amoroso com uma jovem fidalga, é convocado de novo devido ao iminente ataque Otomano a Malta, sede da Ordem. Thomas é um homem divido pela sua fidelidade a Ordem e o seu amor antigo por Maria que mesmo passado 20 anos nunca terminou. 

Richard é um agente ao serviço da rainha de Inglaterra, e é enviado como escudeiro de Sir Thomas à Malta para recuperar um documento secreto. 

Scarrow consegue descrever muito bem o cerco que as forças Otomanas fizeram a Malta. A descrição das batalhas estão muito realistas e também consegue conjugar muito bem factos verídicos com factos ficcionais. Um excelente romance histórico e no futuro irei sem dúvida ler mais livros da sua autoria.

Avaliação: 8-10
Enviar um comentário