4 de agosto de 2010

Critica "O Mago - Mestre"



Sinopse:

A paz é já uma memória esbatida para os povos de Midkemia. A guerra continua, mas Pug e Tomas seguem rumos diferentes. Tomas herda um legado de grande poder oriundo de uma civilização antiga. Mas uma luta interna leva-o a duvidar sobre qual deverá ser o seu destino. Por outro lado Pug, após ter sido capturado, é levado para as exóticas terras de Kelewan e irá aprender a dominar a dualidade do seu enorme poder. Pug é agora Milamber. E terá que enfrentar um inimigo mais antigo do que o próprio tempo. Entretanto, o Reino estremece com a ascensão de Guy de Bas-Tyra e tem início uma nova disputa pelo trono.

Opinião:

Neste livro continuamos a seguir as aventuras de Pug e Tomas. Pug é agora um escravo num mundo completamente estranho para ele, foi levado para Kelewan, o planeta do tsurani. Tomas torna-se num afamado guerreiro e vive em Elvandar.

Em Kelewan, Pug torna-se amigo de um outro escravo, Laurie. A partir dessa amizade. Acontecem vários contratempos e aventuras. Pug e Laurie são levados depois para uma casa rural. Onde o Pug encontra o amor da sua vida Katala.

Passado algum tempo, um Grandioso (mago) descobre o poder de Pug, e leva-o para ensinar-lho. Passados alguns Pug agora chamado de Milamber torna-se ele próprio num Grandioso.

Nestes livros, também há personagens muitos boas como o Arutha, Lyam, Martin entre outros.

Eu só posso dizer que este livro ainda cativou-me mais do que o primeiro, que eu já tinha adorado, e que o Raymond E. Feist está a tornar-se num dos meus autores preferidos.

Eu recomendo este livro há todos os amantes da fantasia!!
Só posso dizer, que irei comprar com certeza todos os do Feist publicados por cá.

Classificação: 9-10
Enviar um comentário