3 de outubro de 2011

Opinião - O Messias de Duna


Doze anos depois dos eventos descritos em Duna, Paul Atreides governa como Imperador do Universo, tendo dado início a uma Jihad galáctica ao aceitar o papel de Mahdi do povo Fremen. Paul é o mais poderoso Imperador de sempre, mas é incapaz de travar a sangrenta Jihad que já ceifou as vidas de milhões de pessoas e destruiu mundos.
Com a sua visão presciente, Paul vê a Jihad a alastrar-se, mas não pode travá-la face às terríveis alternativas que se podem seguir. Motivado por este conhecimento, decide seguir um plano complexo e perigoso que pode evitar a extinção da Humanidade, uma visão que o atormenta dia e noite.
O que Paul desconhece é que muitos velhos inimigos se reúnem à sombra do Império, preparando uma conspiração para derrubar a Casa Atreides do trono. Mais do que um mero assassinato, preparam-se para fragilizar o Kwisatz-Haderach… Conseguirá Paul estar à altura dos desafios do seu papel como Imperador e evitar os perigos que o rodeiam?

Opinião:


Este é o segundo livro do Frank Hebert publicado pela Saída de Emergência. Os acontecimentos deste livro ocorrem 12 anos depois dos eventos ocorridos no Duna.


Paul Atreides ou Muad'Dib, como também é conhecido, é agora o Imperador do Universo. Mas é incapaz de conter a violenta Jihad iniciada pelos Fremem que já provocou a morte a milhões de pessoas. Ele tenta com a sua visão travar a progressão da Jihad, mas terá de enfrentar vários perigos e inimigos impiedosos.


Alia é agora uma poderosa Reverenda Mãe, que usa os seus poderes para proteger o seu irmão. Ela é a sua principal conselheira.


Achei que este livro é mais fraco do que o anterior em termos de ambiente e achei as intrigas palacianas bastante elementares Neste livro as personagens podiam ter sido mais desenvolvidas em principal a Irulan.


A personagem que mais gostei no livro foi o ghula Hayt, que tem um papel fundamental no final.


Sinceramente não foi um livro que me enchesse as medidas, mas devo dizer que tinha as expectativas muito altas depois de ter lido o genial Duna. Mas não deixa por isso de ser um livro com qualidade.


Avaliação: 7-10
Enviar um comentário