14 de fevereiro de 2010

Robb Stark



Robb Stark é o filho mais velho de Eddard Stark e Catelyn Tully e o herdeiro de Winterfell e do Norte. Depois da prisão do seu pai por traição ele ergue os seus estandartes e marcha para sul com uma hoste para ajudar os seus aliados do Tridente e para libertar o seu pai. Depois da execução do seu pai ele é nomeado pelos seus seguidores de Rei do Norte. Chamado de "Jovem Lobo" por muitos dos seus seguidores e inimigos, ele partilha a devoção do seu pai pela honra e ele é frequentemente acompanhado pelo seu lobo gigante, Vento Cinzento, que ele leva sempre para as batalhas.

Aparência:

A aparência de Robb favorece o seu lado Tully, com uma constituição forte, olhos azuis e um espesso cabelo castanho. Ele começa a série como o rapaz de quatorze anos

Na infância:

Robb nasceu em Correrrio, muito provavelmente o fruto da noite de núpcias de Ned e Catelyn, porque Ned foi logo embora depois das núpcias, para se juntar a Rebelião de Robert. Depois do seu retorno da guerra, Catelyn recebeu Ned com o bebé Robb nos braços, e depois voltaram todos para Winterfell onde Ned governou como Lorde e Robb foi criado como seu herdeiro. Crescer em Winterfell, Robb estava em bons termos com os seus irmãos mais novos e desenvolveu uma rivalidade amigável com o seu meio-irmão bastardo, com quem ele era um nítido contraste em aparência e personalidade.

Acontecimentos durante as Crónicas:

Robb vê a execução de Gared e está presente quando Jon descobre na neve uma ninhada de seis lobos gigantes. Ele reclama um dos lobos para si mesmo, e chama-lhe de Vento Cinzento. Pouco depois da chegada da comitiva do Rei Robert a Winterfell, Robb pratica esgrima com o Príncipe Joffrey usando espadas de madeira. Um mau ambiente desenvolve-se entre eles, quando o Joffrey desafia-o para lutar com espadas verdadeiras, mas Sor Rodrik Cassel, o Mestre-de-Armas de Winterfell, não o permite. Quando o Eddard é nomeado Mão do Rei e viaja para sul rumo a Porto Real, Robb fica em Winterfell para governar no lugar do seu pai.

Depois da morte do Rei Robert e a prisão do seu pai por traição, Robb chama os estandartes do Norte e marcha para o Tridente, em parte para ajudar a família da sua mãe, que estava sobre ataque das forças leais aos Lannister, e por outro para libertar o seu pai. Quando soube que Correrrio estava cercada por um exército liderado por Jaime Lannister enquanto outro exército liderado por Tywin Lannister aproxima-se vindo do sul, Robb divide as suas tropas, enviando o maior parte da sua infantaria sobre o comando de Roose Bolton para lutar contra as forças de Tywin. Enquanto que Robb atravessa o Ramo Verde nas Gémeas com a maior parte da cavalaria com o objectivo de quebrar o cerco a Correrrio. Por deixar Robb cruzar o rio nas Gémeas, o Lorde Walder Frey exigiu um contrato de casamento, após o fim da guerra ele devia casar com umas das suas filhas ou neta que escolhe-se.

Robb lidera os cavaleiros para Correrrio, onde, ajudado pelo conselho do seu tio-avô Brynden Tully ele consegue fazer uma emboscada as tropas de Jaime no Bosque dos Murmúrios, destruindo o exercito inimigo e conseguindo capturar o Jaime. Pouco depois Robb consegue quebrar o cerco a Correrrio, forçando o exército de Tywin, que tinha ganho a batalha no Ramo Verde contra Roose Bolton, a retirar-se para Harrenhal.

Depois da execução do seu pai, a comando do Rei Joffrey, acabando assim efectivamente a possibilidade de paz entre os Stark e os Lannister, Robb é nomeado pelos seus homens como Rei do Norte.



Quando estava em Correrrio, Robb envia Theon Greyjoy, que tinha lutado ao seu lado nas batalhas, para Pyke com o objectivo de assegurar uma aliança com o pai de Theon, Balon Greyjoy contra os Lannister e envia a sua mãe para sul para negociar com os irmãos mais novos do falecido Rei Robert, Stannis e Renly Baratheon, ambos tinham coroado-se a si próprio como rei. Mas ambos os enviados falham. Catelyn é incapaz de fazer um seguro e significativo tratado com ambos os irmãos Baratheon (testemunhando no processo o assassinato de Renly), enquanto que Theon é completamente rejeitado por Balon, que responde a oferta de paz com uma grande invasão ao Norte.

Robb, junta as suas forças e lancha uma invasão as terras do Lannister, esmagando um recém formado exército Lannister em Cruzaboi e ganhado mais batalhas em Cinzamarca e no Despenhadeiro. No Despenhadeiro, Robb sofre um ferimento e é cuidado por Jeyne Westerling. Lá ele toma conhecimento, que um pequeno exército liderado por Theon Greyjoy tinha tomado Winterfell, e assassinado os seus irmãos Bran e Rickon (eles na realidade estavam vivos). Jeyne conforta-o depois das noticias, o que levou a ele lhe tira a virgindade. Numa tentativa de preservar a sua honra, Robb casa-se logo com ela.

Robb volta a Correrrio com a sua mulher, para o desgosto da sua mãe, porque ele tinha prometido casar com uma filha ou neta do Lorde Frey, uma ofensa que o Lorde Walder ao deverá perdoar. Outros problemas esperam-no lá, o seu tio Edmure Tully, o activo Lorde de Correrrio enquanto que o seu pai se encontra no seu leito da morte, luta contra o exército de Tywin, quando tentam atravessar o Ramo Vermelho um vau perto de Correrrio e não os deixa passar. Enquanto que isso preveniu as forças de Tywin aproximar-se de Robb pelas costas, mas Robb tinha planeado atrair e confundir as forças de Tywin enquanto Stannis marchava para Porto Real, mas a vitória de Edmure evitou isso. Ser impedido de passar em Correrrio, permitiu Tywin ser informado da noticia do ataque a Porto Real por parte de Tywin, e ele voltou para trás e chegou a Porto Real a tempo da Batalha da Água Negra e virou a maré da batalha para favor dos Lannister.

Adicionalmente, Robb fica a saber que na sua dor pela (suposta) morte de dois dos seus filhos, a sua mãe libertou Jaime Lannister do seu cativeiro e encarregou com a missão de libertar as suas duas filhas que estavam em cativeiro em Porto Real e de as entregar em segurança. Ela com essa acção ganha a inimizade do Lorde Karstark, que tinha perdido dois filhos mortos por Jaime. O Lorde Karstark tinha exigido a morte de Jaime como vingança pela suas mortes. Em resposta a libertação, Karstark envia alguns dos seus homens para as celas de Correrrio e assassina Teon Frey e Willem Lannister, dois prisioneiros. Por esse crime, Robb sentencia-o a morte, e decapita ele mesmo o Lorde Karstark. Pouco depois as forças Karstark desertam do exército de Robb.

Depois da morte de Hoster Tully, Robb tenciona voltar para o Norte, reclamar o território que tinha sido conquistado pelo Homens de Ferro, e para vingar as mortes dos seus irmãos. Com os seus irmãos (presumidos) mortos, ele aconselha-se com a sua mãe acerca da sua sucessão, e para desgosto dela ele sugere que seja Jon Snow a suceder-lhe. Pouco depois ele planeia enviar Maege Mormont e Grande-Jon Umber para
Atalaia da Água Cinzenta, com cartas a revelar os seus planos, mas os seus conteúdos não são revelados.

Na marcha norte para as Gémeas para conseguir passagem para o seu exército de volta para o Norte, e consciente da ofensa que cometeu a Casa Frey ao casar-se com Jeyne, Robb sugere que Edmure Tully podia casar com umas das filhas ou netas do Lorde Walder no seu lugar, uma proposta que Edmure aceita relutante. Deixando Jeyne em Correrrio, ele leva o seu exército com ele para as Gémeas, onde o Lorde Walder aceita casar a sua filha Roslin com Edmure.

Apesar do Vento Cinzento aparentemente sentir a traição que estava para vir, Robb entra nas Gémeas e o casamento que depois irá ser conhecido como o Casamento Vermelho começa. Depois da cerimonia e depois de meterem os noivos na cama, os Frey traem Robb. Eles tinham trazido mercenários disfarçados de músicos para a festa, e assassinam Robb juntamente com a maior parte dos seus companheiros e soldados. Catelyn vê Roose Bolton a dar o golpe final no seu filho, esfaqueado-o no coração, antes de ela própria ser morta. O Vento Cinzento também é morto, e a sua cabeça é removida e pregada ao corpo de Robb.

Enviar um comentário