21 de maio de 2011

Novidades Saída de Emergencia - 20 de Maio



Chegou a Portugal uma das maiores lendas da fantasia: Drizzt, o elfo negro.

Depois de escapar da sociedade cruel e vingativa de Menzoberranzan, a sua cidade natal escondida nas profundezas da terra, Drizzt inicia uma nova aventura num mundo inteiramente diferente. Desta vez na superfície, sob a luz revigorante de um sol que o fascina e rodeado por florestas frondosas e mil e um segredos para descobrir. Mas esse novo mundo também pode ser hostil e, pior, os elfos negros não desistiram de o caçar. Poderá Drizzt encontrar refúgio longe das trevas que rodeiam a sua raça e integrar-se num mundo que o olha com desconfiança e temor? Não perca a dramática conclusão da trilogia do Elfo Negro.

Venha descobrir Drizzt, o elfo negro, uma das personagens mais lendárias da fantasia. E acompanhe-o na épica e intrépida jornada para longe de um mundo onde não tem lugar... em busca de outro, na superfície, onde talvez nunca o aceitem. 



O Grande Romance Histórico está de volta.

1722, Londres. Benjamin Weaver, judeu português, espadachim destemido, antigo pugilista e mestre do disfarce, vê-se aprisionado num jogo mortífero contra uma das figuras mais enigmáticas do seu tempo: Jerome Cobb. Chantageado a roubar documentos com segredos valiosos da poderosa Companhia Britânica das Índia Orientais, cedo Benjamin se apercebe que esse roubo é apenas o primeiro passo numa audaciosa conspiração. Para salvar os seus amigos das garras de Cobb, Benjamin terá de infiltrar a Companhia, manipular vários dos seus mais influentes membros e desvendar uma trama secreta que envolve rivais, espiões estrangeiros e oficiais do governo. Com milhões de libras e a segurança da nação em jogo, Benjamin enfrentará conspirações secretas, inimigos formidáveis e aliados inesperados. Numa pesquisa história escrupulosa de David Liss, A Companhia do Diabo retrata o nascimento das corporações modernas, numa narrativa de grande suspense.



Uma mistura mais do que perfeita de romance histórico e literatura fantástica, com Lord Byron como personagem principal.

Numa noite tempestuosa na mansão de Lord Byron na Suíça, Mary Shelley desafiou o seu anfitrião, o seu marido e a si própria a escreverem uma história de fantasmas. A de Mary, como todos sabemos, foi Frankenstein. Supostamente Byron nunca terminou a sua... mas, e se ele o tivesse feito?
Documentos descobertos numa mala apodrecida provam que o manuscrito dessa história existiu e que foi salvo, lido e anotado, por Ada, a filha abandonada de Byron, durante os últimos meses da sua curta vida. Enquanto o destino misterioso do manuscrito se desenrola, é-nos permitido ler todo o romance secreto de Byron. E que romance maravilhoso nos é revelado: repleto de traições, amores e fortunas gloriosamente obtidas; uma história de vingança
e mistério, de fugas impossíveis e assassínios cruéis. Mas é nessa história arrepiante que Ada encontra revelações da personalidade do seu pai e vislumbra os segredos da sua alma. O Manuscrito Perdido de Lord Byron é um deslumbrante acto de personificação. Mas vai mais longe, tecendo com fios de diferentes séculos uma extraordinária tapeçaria sobre perda, descoberta e a poderosa, ainda que invisível, ligação que une pais e filhos. Aventure-se nesta obra-prima de John Crowley, um romance maravilhoso que o vai emocionar, iluminar e satisfazer a todos os níveis.
Enviar um comentário