30 de junho de 2013

Opinião - Dragões de uma Noite de Inverno


Os nossos heróis venceram uma batalha, mas não venceram a guerra pelo destino de Krynn. Os servos de Takhisis, a rainha dos Dragões, estão de volta e os povos de todas as nações precisam de lutar para salvar os seus lares e manter a própria liberdade. Mas há muito que as raças estão divididas pelo ódio e preconceito. Guerreiros elfos e cavaleiros humanos lutam entre si e a guerra parece estar perdida antes de começar.
Forçados a separarem-se pelos acontecimentos, passará ainda algum tempo antes que os nossos heróis se reencontrem. Perseguidos por estranhos sonhos e profecias sinistras, o grupo parte em busca das misteriosas e lendárias orbe e lança do dragão. Conseguirão, juntos, fazer frente às trevas? E será possível para um cavaleiro caído em desgraça, enfrentar, à pálida luz do inverno, as forças de Takhisis?

Opinião:

"Dragões de uma Noite de Inverno" é o segundo volume da trilogia "As Crónicas de Dragonlance" da autoria da dupla Margaret Weis e Tracy Hickman.

Apesar da vitória do grupo de heróis contra o Lorde Verminaard, Krynn está a ferro e fogo com os exércitos da Rainha das Trevas a avançar impiedosamente na conquista pelo domínio do continente.

O grupo de amigos é forçado a separar-se para enfrentar diferentes problemas em Krynn. Raistlin prevê que o grupo nunca mais se irá reunir intacto. 

Notei uma clara evolução nas personagens e na construção do mundo. Neste livro há menos clichés habituais dos livros de fantasia que foram bastante notórios no primeiro volume. O facto do grupo se dividir permite ao leitor ter uma visão mais vasta sobre o mundo.

Apareceram algumas personagens novas que gostei bastante mas para mim o melhor personagem deste volume foi o kender Tass, que me conquistou com a sua traquinice e enorme lealdade aos seus amigos.

Em suma, um bom clássico da fantasia que têm alguns clichés mas que é uma óptima leitura, principalmente para iniciantes do género. 

Opinião: 8-10
Enviar um comentário