25 de novembro de 2013

Opinião - Tríptico


Três pessoas com segredos perturbadores.
Um assassino sem nada a perder.

Quando Michael Ormewood, detetive da Polícia de Atlanta, é chamado à cena de um homicídio num bairro social, depara-se com uma das mortes mais brutais de toda a sua carreira: o corpo de Aleesha Monroe jaz nas escadas de um prédio, numa poça formada pelo seu próprio sangue e horrivelmente mutilado.

Enquanto incidente isolado, este já seria um crime chocante. Mas quando se torna evidente que é apenas o mais recente de uma série de ataques violentos, o Georgia Bureau of Investigation é chamado a intervir — e Michael vê-se obrigado a trabalhar com o agente especial Will Trent, com quem antipatiza de imediato.

Vinte e quatro horas mais tarde, a violência a que Michael assiste todos os dias explode nas traseiras da sua própria casa. Percebe-se, então, que talvez o mistério da morte de Aleesha Monroe esteja indissoluvelmente ligado a um passado que se recusa a ficar esquecido…

Opinião:

"Tríptico" é o primeiro livro da saga "Will Trent" escrito por Karin Slaughter. 

A polícia é chamada ao bairro social Grady em Atlanta, devido a um brutal assassínio de uma mulher. O caso é atribuído ao detective Michael Ormewood, que recentemente pediu a transferência para os Homicídios.

Will Trent é um agente especial do Georgia Bureau of Investigation, que pensa que o crime em Grady é mais um caso numa série de brutais ataques sexuais que ocorreram na área de Atlanta. 

Tríptico é um excelente thriller que mistura um ritmo elevado nos capítulos com maior ação e um ritmo mais lento na investigação dos crimes e na construção das personagens. Facilmente percebe-se quem é o autor dos violentos crimes, mas a investigação é complexa e tem várias surpresas.

Foi um excelente livro para descobrir mais uma autora nova e continuar nesta minha nova aposta pessoal em ler thrillers/policiais. Sem dúvida que é um livro que os amantes do genero deviam ler.

Avaliação: 8-10
Enviar um comentário