29 de maio de 2010

A Trilogia de Bartimaeu de Jonathan Stroud



O Amuleto de Samarcanda

Sinopse:

O primeiro volume d’ A Trilogia de Bartimaeus é um thriller hilariante, repleto de referências históricas e míticas, que tem como cenário uma Londres do século XXI, envolta em destruição e governada por magos poderosos que se servem de criaturas sobrenaturais para perpetuarem o seu poder. Nathaniel é um jovem aprendiz de mago extremamente talentoso que, com apenas doze anos, consegue o feito prodigioso de invocar um dos djinnis mais temíveis. Quando um aprendiz de feiticeiro invoca um djinni ordena-lhe que realize caprichos próprios da idade, mas Nathaniel está dominado pelo desejo de algo infinitamente mais perigoso – a vingança cega! Porém, desafiar a ira de um mago ambicioso pode desencadear actos de rebelião e assassínio impossíveis de parar...a menos que Nathaniel e djinni se unam contra um mal que ameaça todos!



O Olho de Golem

Sinopse:

Jonathan Stroud afirmou-se como uma referência na literatura fantástica após a publicação do primeiro volume da "Trilogia Bartimaeus", "O Amuleto de Samarcanda", que, para além de se ter tornado um bestseller, recebeu também uma menção honrosa nos Boston Globe-Horn Book Awards for Excellence in Children’s Literature de 2004 e aguarda ainda a estreia de uma versão cinematográfica. Com este segundo volume, "O Olho de Golem", as expectativas confirmam-se. Dois anos passaram desde os últimos acontecimentos. Nathaniel tem agora catorze anos e é adjunto do Ministro da Administração Interna. O seu dever é desmantelar a Resistência, uma organização de comuns que quer derrubar o poder dos magos. Mas quando um ataque-surpresa de um golem é atribuído erradamente a este grupo, Nathaniel vê-se obrigado a pedir ajuda a Bartimaeus, ainda que com relutância. Entretanto, um jovem membro da Resistência, Kitty Jones, planeia roubar o túmulo sagrado do grande mago Gladstone. É então que, numa noite, os destinos de Nathaniel, Bartimaeus e Kitty se encontram sob os desígnios de algo bem mais poderoso… Alternando a focalização da acção entre Nathaniel e Kitty e com alguns capítulos contados na primeira pessoa por Bartimaeus – que confere a sua nota de sarcasmo e de humor irreverente à sempre crescente tensão – este novo volume guia-nos até Praga, faz-nos perseguir um esqueleto pelas ruas de Londres, testemunhar actos ousado e penetrar no mundo sórdido do governo dos magos. "A Trilogia Bartimaeus" continua a encantar com a sua mistura de fantasia, mitologia e história, ao mesmo tempo que Stroud desafia as definições convencionais de bem e mal com a sua galeria de personagens intrigantes.



O Portão de Ptolomeu

Sinopse:

O último volume da trilogia fantástica!
Já considerada um clássico de literatura fantástica, a trilogia Bartimaeus fica agora completa para agrado dos leitores que iniciaram a leitura dos primeiros volumes. Repleta de referências históricas e míticas, intercalado com notas de humor e sarcasmo, este derradeiro episódio leva-nos uma vez mais até Londres do século XXI. Agora Nathaniel, com dezassete anos foi promovido a Ministro da Informação e vai unir esforços para derrotar uma rede de conspiração que tem como objectivo um golpe de estado. Bartimaeus, um dos djinnis mais temíveis continua fiel ao jovem mago, e nesta história são finalmente revelados alguns segredos sobre o seu passado que irão deixar o leitor verdadeiramente fascinado
Enviar um comentário