11 de janeiro de 2014

Opinião - Quando a Noite Cai


Cai a noite em Nova Iorque. Um avião levanta voo do Aeroporto internacional JFK com destino a Paris.
Numa praia deserta de Long Island - a poucos quilómetros de distância - um casal apaixonado vive uma noite de amor proibido. Encoberto pelas dunas e pelo crepúsculo a sua única testemunha é a câmara de vídeo que trazem consigo.
O romantismo do momento é interrompido abruptamente por uma enorme explosão. O Boeing 747 que acabar de levantar voo, incendeia o céu. Despenha-se pouco depois, incandescente, nas águas profundas do Atlântico.
O casal agarra nas suas coisas e abandona, apressado, a zona do acidente ao mesmo tempo que vê os carros da polícia aproximarem-se do local a toda a velocidade.
A câmara de vídeo regista toda a tragédia.
Poderá a verdade destruir o mundo?

Opinião:

"Quando a Noite Cai" é um thriller da autoria de Nelson DeMille e que retrata a queda do avião TWA 800, que fazia ligação de Nova Iorque à Paris.

John Corey, policia reformado e agora membro da Unidade Operacional de Combate ao Terrorismo, vai com a sua mulher, Kate Mayfield, às homenagens fúnebres pelo quinto aniversário do acidente aéreo.

Kate Mayfield foi uma das Agentes que o FBI enviou na investigação inicial à queda do avião. De início ainda se pensou que fosse um ataque terrorista mas depois a causa oficial foi a de uma explosão no depósito de combustível central. Mas Kate não concorda com a teoria oficial e pede a Corey para investigar o caso clandestinamente.

Este livro é uma mistura entre factos verídicos e ficcionais, a queda do voo TWA 800 infelizmente é verídica e causou a morte a 230 pessoas.

Um dos pontos fortes deste livro é o protagonista John Corey, um homem um pouco arrogante, com um humor negro muito característico mas um excelente investigador.

Não gostei tanto deste livro como gostei do "O Jogo do Leão", mas é um bom livro e que nos deixa na dúvida em relação às verdadeiras causas do acidente aéreo.

Avaliação: 8-10
Enviar um comentário