15 de fevereiro de 2012

A opinião do Bruno Martins Soares sobre " As Crónicas de Gelo e Fogo"


O autor da trilogia Alex 9, Bruno Martins Soares, que na mesma usa o pseudónimo de Martin S. Braun,  aceitou a proposta dar a sua opinião acerca da saga " As Crónicas de Gelo e Fogo".







Bibliografia do Bruno Martins Soares:



A caminho da frente de batalha contra os invasores, o Príncipe Dael de Brodom descansava com a sua guarda junto às margens de um lago quando um estranho fenómeno aconteceu: uma estrela despenha se no lago, e das águas emerge uma mulher quase nua que cai inconsciente nos seus braços. Será este o sinal de que uma antiga profecia se está a realizar?  Sem saber porquê, a Tenente Coronel Alex 9, da 3ª Unidade de Comandos de Elite, é projectada para um planeta muito parecido com a Terra, onde uma guerra entre impérios medievais se está a travar. Aparentemente, a chegada de Alex à Segunda Terra despoletou uma miríade de consequências políticas que estão ainda longe de fazer sentido. Ao longo deste volume, repleto de batalhas com espadas e armas magnéticas, as linhas de trama começam a cruzar se e descobrimos um conflito que se prepara há séculos. Mas onde levará?





Prepara-te para batalhas épicas de espada em punho e tecnologia de ponta e mergulha numa aventura onde as respostas parecem levar a mais perguntas. Quando se saberá a verdade sobre Alex 9?




Dois planetas em diferentes etapas de desenvolvimento. Duas guerras que podem levar ao extermínio. Uma profecia desconhecida. Qual será o papel de Alex 9? 


Estamos no século XXII. Alex 9 é uma órfã adotada por uma poderosa corporação e treinada para ser a mais temível arma de combate que já existiu. Envolvida numa missão da qual desconhece os contornos, é lançada para os confins do espaço e só acorda duzentos anos depois na Terra. Mas não é a nossa Terra. Este novo planeta em tudo semelhante ao nosso vive numa Idade Média onde impérios se enfrentam em sangrentas batalhas. E a chegada de Alex 9 veio baralhar tudo pois cumpre uma antiga profecia. Atacada por forças misteriosas que procuram destruí-la, a jovem também encontra aliados inesperados e, quem sabe, algo que sempre julgou não estar destinado a si. Numa saga repleta de perigos, para sobreviver Alex 9 terá de desvendar os mistérios que levaram dois mundos distantes no espaço e no tempo a embrenharem-se em guerras sangrentas. E com armas magnéticas, espadas japonesas, batalhas de naves e cargas de cavalaria a concorrerem entre si, só uma mulher como Alex 9 tem hipóteses de o fazer. Mas qual será o preço?



Opinião do Bruno sobre a saga:









1) O que acho da saga.

É simplesmente a melhor saga que já li. Ainda outro dia discutia o assunto com o meu barbeiro enquanto ele me aparava os caracóis. Tal como ele, quando comecei a ler a SOIF, achei o estilo um pouco aborrecido: lento, com muitas personagens e um enredo muito complexo. No entanto, no final do primeiro volume já estava viciado. Quando acabei o segundo volume numa certa noite, tive que sair desesperadamente à procura do terceiro. Acabei por ter de visitar três livrarias e comprar o terceiro e o quarto volume de uma vez.

Acho que é uma série de verdadeira Literatura (para quem desvalorize o género da Fantasia). É muito bem escrita, humana, surpreendente, imprevisível, cativante. As personagens são realmente humanas e o enredo é muito complexo mas muito realista, independentemente das magias e dos dragões. Estabelece uma nova fasquia no género.


 2) Qual a minha personagem preferida.

Qual de nós não está irremediavelmente apaixonado pela Dany? Acho a sua ascensão uma fonte de catarse constante do leitor.
Por outro lado, Jon está a tornar-se cada vez mais interessante, e Arya está a ter um percurso curiosíssimo.
E ainda tenho o coração partido pelo acidente do Bran. Gosto muito da sua personagem e tenho pena que o seu caminho esteja a demorar tanto tempo a chegar a pontos interessantes, ao contrário dos outros.
Mas a minha personagem preferida é o Tyrion, pois os dilemas dele são mais complexos e a sua inteligência muito apurada mas nem sempre bem sucedida. É, talvez, o mais humano de todos. Adorava que ele ficasse por cima no final da saga, mas vamos lá a ver. Só Deus Martin conhece os mistérios do Inverno.

3) Qual a que gosto menos.

Tenho ideia que Sansa ainda nos vai surpreender, embora seja uma personagem que não me agrade grande coisa.
A Cirsei sempre me irritou um bocado, embora seja uma personagem muito bem conseguida. É, mais uma vez, um tributo ao talento do Martin: odeio a Cirsei porque Martin a fez odiosa. Aliás, tenho muito esse sentimento: que certas personagens não me agradam porque Martin quis que não me agradassem, embora isso seja suficientemente subtil para que não pareça.
Algumas das personagens secundárias são enervantes. Ou porque não vão a lado algum e parecem ter importância a mais, ou porque têm traços exasperantes, como Theon Greyjoy, por exemplo, por razões que alguns de vós saberão mas outros não.


4) Qual a minha casa preferida.

Stark. Basta ver onde foram parar cada um dos seus membros e perceber que todos estamos a torcer por eles.


5) Qual o futuro da saga.

Dany meets Jon. É a minha aposta.  E Arya meets Cersei. Sansa ficará com Tyrion. Mas Martin tem o dom de nos surpreender, por isso provavelmente estarei errado.

Enviar um comentário