2 de fevereiro de 2012

Opinião: Império Terra - Guerra da Pirâmide



Sinopse:

Há muitos milhares de anos atrás traçou-se o destino da Humanidade.
O futuro de milhões de seres foi forjado numa batalha sem precedentes entre dois povos de incomensurável poder. Numa única batalha! Numa única batalha que terminou na maior e mais poderosa explosão de que o Homem tem conhecimento - o Big Bang!
Depois disso muita coisa aconteceu no novo universo.
Muitas civilização nasceram e morreram...
Não se iludam! Os terrestres não são únicos... E não são originais! Antes de nós, existiram outros e desses outros nasceram mais... E uma boa parte deles deu origem à Terra.
O que sucedeu na Terra, em 2029, foi apenas o fim de uma história mais longa e muito antiga...
Uma história que dava um livro... Este!

Opinião:

Este é o segundo livro da trilogia Império Terra da autoria do escritor Paulo Fonseca. 

A acção que acontece neste livro é anterior a acção passada no primeiro volume. E vai nós sendo revelada em forma de uma história que Nolen conta ao Elury, filho do Gabriel e da vampira Romana.

Os acontecimentos deste livro passam-se em dois mundos distintos, Acmon e Artem dois mundos povoados por seres humanos que foram atacados pelo Abidos.

Acmon, é um mundo tecnologicamente muito evoluído que 300 anos antes tinham sido fortemente atacado pelos Abido, mas que conseguiram sobreviver ao ataque mas todos os habitantes foram mudados geneticamente pelo contacto.

Artem, é um mundo que está em constante guerra entre os humanos e os Awi (descendentes dos Abidos). E por causa de uma estranha tecnologia está protegida por um escudo magnético que impede os ataques dos Abidos mas que também impede a evolução tecnológica.

As personagens que destaco nesta obra são:

De Acmon:
- Nobre Mater, de seu nome Larnac, General Odlareg Ladrego, General Onileva e Cabo Slanorc 
De Artem:
- Elira, Trebar, Argu Revorelta, Garbirel e Airam
De Khoralia:
- Sibael e Acrom

Este livro está melhor do que o primeiro volume, com uma história mais complexa envolvendo vários mundos e imensas personagens, com uma acção muito melhor construída e com um ritmo elevado principalmente nas batalhas. Não sendo nenhuma obra de arte, é um livro muito agradável de se ler e eu definitivamente irei ler o ultimo volume desta trilogia.

Avaliação: 7-10
Enviar um comentário