28 de outubro de 2010

Opinião - "Sonho Febril"




Sinopse:

Venha conhecer a lenda do Fevre Dream e a sua jornada inesquecível pelo grandioso rio Mississípi
Rio Mississípi, 1857. Abner Marsh, respeitável mas falido capitão de barcos a vapor, é abordado por um misterioso aristocrata de nome Joshua York que lhe oferece a oportunidade única de construir o barco dos seus sonhos. York tem os seus próprios motivos para navegar o rio Mississípi, e Marsh é forçado a aceitar o secretismo do seu patrono, não importando o quão bizarros ou caprichosos pareçam os seus actos. Mas à medida que navegam o rio, rumores circulam sobre o enigmático York: toma refeições apenas de madrugada, e na companhia de amigos raramente vistos à luz do dia. E na esteira do magnífico barco a vapor Fevre Dream é deixado um rasto de corpos... Ao aperceber-se de que embarcou numa missão cheia de perigos e trevas, Marsh é forçado a confrontar o homem que tornou o seu sonho realidade.

Opinião:


Este livro é da autoria do meu escritor favorito George R.R. Martin, o criador das Crónicas de Gelo e Fogo. Sonho Febril foi escrito antes da recente febre dos vampiros, e por isso gosto muito mais das descrição destes vampiros maldosos e impiedosos  em vez de recente moda dos "vampirinhos bonzinhos".

Este livro levamos a conhecer um sonho de um homem chamado de Abner Marsh e que é considerado o homem mais feio da região, em construir o mais luxuoso e rápido barco a vapor do Rio Mississípi. Com a ajuda do noctívago Joshua York ele consegue realizar o seu sonho e construí  o magnífico Fevre Dream.

Para mim uns dos pontos fortes do livro são as duas personagens principais Abner e Joshua e a estranha relação que desenvolvem entre si. Destaco também o Damon Julian e o Sour Billy Tipton que são duas personagens que encaram o verdadeiro mau. Sendo que o Julian é um mestre vampiro com mais de 700 anos e Sour Billy o seu criado humano que deseja  desesperadamente ser vampiro .

Gostei muito das descrições pelo Martin a vida que havia num barco a vapor e a detalhada descrição das tarefas que cada pessoa tinha a bordo. O  ambiente que rodeia o Rio Mississípi também ajuda a criar um ambiente de suspense que leva o leitor a sentir os medos das personagens. O livro também falamos um pouco  duma das partes mais negras da história do homem a escravatura.

Sendo de uma leitura muito agradável e fluída este livro terá que obrigatoriamente ir para a estante de qualquer apreciador das obras do George R.R. Martin se bem que seja bastante diferente dos livros da Crónicas de Gelo e Fogo. Para mim é um livro a comprar. Recomendo!

Classificação: 8-10
Enviar um comentário