28 de março de 2010

Cersei Lannister



Cersei Lannister é a filha mais velha de Tywin, por poucos minutos e a irmã gémea de Jaime. Depois da Rebelião de Robert, ela casa-se com o novo rei, Robert Baratheon, e assim torna-se na rainha dos Sete Reinos. Sendo uma mulher ambiciosa, ela resente-se com as restrições impostas ao seu sexo. Ele está sempre preocupada com a segurança dos seus filhos, Joffrey, Myrcella e Tommem e não para a nada para os proteger.

História:

Cersei tem uma relação incestuosa com o seu irmão Jaime desde da adolescência. Os três filhos dela são todos produtos deste incesto, e não do seu marido, o Rei Robert. Que foi um segredo muito bem guardado até que Jon Arryn e Stannis Baratheon descobriram-o pouco antes do começo da Guerra dos Cinco Reis.

Cersei foi assombrada desde de criança por uma profecia feita por uma maegi. Esta profecia previu correctamente a morte de uma amiga de infância, o seu amor não correspondido por Rhaegar Targaryen, e o casamento ( e a mutua infidelidade) com o Rei. Também previu que os seus três filhos iriam ser coroados, mas que todos iriam morrer antes dela. E que todo o que lhe possuia iria ser tirado por uma rainha mais nova e bela, e que depois que o valonqar ( Valiriano para irmão mais novo) iria estrangular-lhe até a morte.



Eventos ocorridos durante as Crónicas:

Durante as Crónicas, Cersei toma posições de poder cada mais elevadas. Depois de planear a morte do seu marido, Cersei mete o seu filho de treze anos, Joffrey no trono, apesar de acusações de ser bastardo e fruto de uma relação incestuosa da rainha com o seu irmão Jaime, e ela governa como a Rainha Regente. Contudo, Tywin mete o Tyrion como Mão do Rei interino, e o Tyrion depressa começa numa luta pelo poder com a sua irmã, e anula muitas das suas decisões. Tywin retoma o seu lugar como Mão depois da Batalha da Água Negra, e prende Cersei a sua vontade. Quando o Joffrey e o Tywin morrem numa rápida sucessão, os entraves na sua pretensão ao poder são afastados. Ele retoma a sua posição como regente agora sobre o seu filho de oito anos e novo rei, Tommem, que era inteiramente obediente a ela. Como filha mais velha de Tywin, ela foi reconhecida como a Senhora do Rochedo Casterly pelo seu tio Kevan. Com o poder adquirido e o facto de não ter restrições, Cersei pensou que tinha a oportunidade de provar que podia ser governadora do que o seu pai. Ela começou o seu novo regime ao preencher todas as posições no pequeno conselho de Tommem com seus apoiantes e agentes, desrespeitando assim prévios acordos feitos pelo seu pai.

Cersei começou a suspeitar que os seus poderosos aliados Tyrell, agora também seus familiares devido ao casamento de Tommem com Maergery Tyrell, estavam a tentar apoderar-se do poder do Reino. Ela começou uma campanha de intriga para remover todos os Tyrell de Porto Real de posições de poder e influência, incluído a mulher do seu filho, Margaery, e Sor Loras Tyrell, membro da Guarda Real. Ela deste modo começou a negligenciar a sua relação com o seu irmão Jaime, que a abandona para a suas manipulações politicas. Ela recusa a pagar as dividas da Coroa, enfurecendo assim poderosas instituições como o Banco de Ferro de Bravos e a Fé dos Sete. Com o dinheiro devido, ela construiu uma nova frota real de navios de guerra e deu o comando a Aurane Waters, um mercenário de questionável lealdade e perícia marítima. Numa tentativa de aliviar as dividas da Coroa e ganhar protecção contra os seus inimigos, ela permite ao Alto Septão em reinstaurar a Fé Militante em troca do perdão de toda a divida da coroa a Fé, mas ela ignorava a história da Fé Militante e dos problemas que ela causou aos Monarcas Targaryen no passado. Ela também tomou o antigo Meistre Qyburn, que foi expulso da ordem, ao seu serviço, usando como seu torturador e deixando fazer experiências imorais em humanos vivos. Ela também começou a beber muito.

Todos os seu planos em remover a influência dos Tyrell da corte falharam, quando o Alto Septão prendo-a por vários crimes, incluindo a morte do anterior Alto Septão. Os ministros que ela tinha escolhido tomaram o controlo do governo enquanto ela esperava o julgamento no Grande Septo de Baelor. Ele ofereceram o cargo de Regente a Kevan Lannister, enquanto que o Auranne Waters roubou os navios da nova frota real.
Acusada de crimes capitais, a sua única esperança residia numa campeão da Guarda Real que lutasse por ela num julgamento por combate. Ele envia uma emocionada carta a Jaime, a pedir-lhe ajuda, mas ele queima a carta e não responde.
Enviar um comentário