5 de fevereiro de 2010

O corno mágico de Euron Greyjoy



Depois da morte do Rei Balon, os homens de ferro reúnem-se na Velha Wyk a chamamento de Aeron Cabelo-Molhado, para escolher um novo Rei por eleição, segundo os costumes antigos dos Homens de Ferro. Vários homens proclamam a sua pretensão ao Trono, mas eles são todos abafados pelo corno mágico de Euron.
Euron no seu discurso, afirma que encontrou o corno mágico na cidade destruída de Valíria. Ele diz que é um corno de dragão ligado com bandas de ouro vermelho e aço valiriano com poderosos encantamentos nele gravados. E diz que os senhores dos dragões de outrora faziam soar cornos daqueles. E afirma que com aquele corno pode prender dragões a sua vontade. Mas quando lhe dizem que já não há dragões, ele responde que nasceram agora tres dragões e que tenciona controla-lhos.
Depois disso, Euron é declarado Rei das Ilhas de Ferro, na assembleia de homens livres. E declara que tenciona conquistar Westeros inteiro com a ajuda dos dragões.



Será mesmo que aquele corno poderá controlar dragões?
Mas nas crónicas só há três dragões vivos conhecidos, os dragões da Dany.
Ele enviou o irmão Victarion a procura dela para a cortejar no seu nome, e trazer-la e os seus dragões para Westeros.
Mas quererá ele mesmo casar-se com ela ou será que é só um plano para tirar os dragões à Dany?

Eu acho que nos futuros livros muito do futuro de Westeros, poderá passar nas mãos de Euron. Gostava também de ler um POV dele porque parece-me que é uma personagem muito interessante para se seguir atentamente. Agora ainda quando ele é que controla a maior parte da Costa Oeste de Westeros.

Enviar um comentário