21 de fevereiro de 2010

Tyrion Lannister, o Duende



Tyrion Lannister, é o terceiro filho de Tywin, é um anão mal formado muitas vezes chamado de "Duende" e "Meio-Homem". Ele é astuto, educado e calculista, ele recebe pouco respeito do seu pai por causa da morte da sua mãe durante o seu nascimento. Ele é cruel com os seus inimigos, mas também é capaz de demonstrar grande simpatia por outros rejeitados e mal tratados.

Aparência

Tyrion é um anão mal formado com pernas muito pequenas, uma testa sobressaída, olhos de cores diferentes, um azul e o outro preto, com um cabelo loiro. Quando ele deixa a barba crescer tem tanto pelos loiros como pretos. Depois da Batalha da Água Negra, Tyrion fica com uma horrível cicatriz na cara, e perdeu quase todo o seu nariz.

História:

Cedo na vida, Tyrion descobriu que estava ostracizado da vida normal da sua família, e procurou o seu próprio entretimento. Quando ele tinha 13 anos, ele e Jaime salvaram uma camponesa, chamada de Tysha. Tysha gostou de Tyrion, e secretamente casaram-se, mas o Lorde Tywin descobriu. E quando o descobriu afirmou que era uma prostituta que o Jaime tinha contratado para ele. Tywin mandou ela ser repetidamente violada em frente de Tyrion, e no fim forçou-o a fazer o mesmo. Este incidente fez uma grande cicatriz nele, mas também aproximou-o de Jaime, por quem ele ficou em gratitude por ter trazido a Tysha a ele.



Eventos ocorridos durante as Crónicas:

Tyrion juntou-se a comitiva real na sua viagem para Winterfell, depois da qual ele visitou a Muralha na companhia de Jon Snow. Na sua viagem de volta, ele encontra-se com Catelyn Stark na estalagem. Ele manda-o prender na suspeita da tentativa de assassinato de Bran Stark e levou para ser julgado no Ninho da Águia. Lá Lysa Arryn mete-o em julgamento por esse crime bem como pelo assassinato de Jon Arryn ( ele estava inocente dos dois crimes). Ele escapou da punição pela vitória do seu campeão, o mercenário Bronn, num julgamento por combate. Depois de deixar o Ninho da Águia, ele recrutou os Clãs das Montanhas para o seu serviço prometendo-lhes oferecer equipamentos para guerra. Depois de descer das montanhas com o seu novo exército, ele encontra o seu pai numa estalagem. Pouco depois o pai mete-lhe a combater na Batalha do Ramo Verde contra as forças comandadas por Roose Bolton.



Tywin nomeia Tyrion como seu substituto temporário no cargo de Mão do Rei, mas proíbe-o de ceder a sua fraqueza por prostitutas. Tyrion desobece-o, tomando secretamente ao seu serviço uma jovem prostituta, Shae, ao seu serviço. Como Mão, ele entra numa luta pelo poder com a sua irmã Cersei, mas consegue regularmente ganhar as suas disputas. Ele organizou a construção da enorme corrente que dizimou a marinha de Stannis Baratheon na Batalha da Água Negra, bem como muitas outras contribuições que levaram a vitória sobre Stannis. Ele arranjou muitos inimigos, e sofreu uma terrível ferida na cara, na qual perdeu quase o nariz todo, numa tentativa de assassinato feita por Sor Mandon Moore durante a batalha, ele só sobrevivou a essa tentativa devido ao seu jovem escudeiro Podrick Payne, que empurrou Sor Mandon para a água com a sua pesada armadura.



Depois do regresso do seu pai, Tyrion vê-se despromovido para Mestre da Moeda e é forçado a casar-se com Sansa Stark. Apesar de eles se terem casado há mais de um mês, Tyrion nunca forçou a consumação na sua mulher, uma decisão que valeu-lhe desprezo e gozo na corte, mas Sansa estava-lhe grata devido a sua misericórdia. Sansa fugiu depois do assassinato do Rei Joffrey, pelo qual Tyrion foi injustamente acusado. cersei trouxe a prostituta de Tyrion, Shae, para testemunhar no seu julgamento e para o humilhar em frente a corte. Tyrion escolheu outra vez um julgamento por combante, desta vez escolhendo Oberyn Martell como seu campeão. Oberyn perdeu, mas não sem antes ter ferido mortalmente o seu adversário, Gregor Clegane.



Condenado a morte, Tyrion foi libertado da sua cela pelo seu irmão Jaime e um relutante Varys. Durante a fuga, Jaime revela que o seu obrigo-o a mentir acerca do facto de ser Tysha ser uma prostituta, e que ela na realidade era uma camponesa que amava realmente Tyrion. Tyrion viu isso como uma traição imperdoavel e abandonou Jaime, prometendo vingança. Mas antes de sair do castelo, Tyrion entra secretamente nos aposentos dos seu pai, onde ele encontra Shae na cama do seu pai e mata-a. Ele depois vai a procura do seu pai. Encontra-o na casa de banho e confronta o seu pai, exigindo que ele lhe conte o que aconteceu a Tysha. Tywin revela que não a mandou matar, mas provoca Tyrion repetidamente ao chamar-lhe de prostituta. Ele mata o seu pai com um tiro de besta, e fuge. Cersei depois mete a sua cabeça a preço, oferecendo uma senhoria a quem trazer-lhe a sua cabeça. Tyrion fuge para lá do Mar Estreito.
Enviar um comentário