11 de fevereiro de 2010

As Cidades Livres

Geografia:

As nove cidade-estados fazem as Cidades Livres, elas estão situadas do outro lado do Mar Estreito, na costa ocidental do continente de leste, a maior parte estão em ilhas ou alongo da costa. Há significantes diferenças entre a geografia das diversas cidades. Desde das densas florestas entre Norvos e Qohor, as colinas rolantes de Pentos, as pequenas ilhas de Bravos. Montanhas no este separam a costa das planícies do Mar Dothraki, mas falhas na montanha deixam acesso ao povo Dothraki para aceder as Cidades Livres. Para o Norte estão o Mar Fumegante e Ibben, uma ilha habitada
por baleeiros vestidos de pele de foca. Para o sul estão a Baía dos Escravos e uma série de estreitos liderando para o Mar de Jade no distante leste.

As Nove Cidades Livres:

Apesar das Cidades Livres serem nove estados distintos elas partilham um passado comum em ter sido antigas colónias de Valíria(excepto Bravos).
Alguns, como Bravos, têm culturas únicas e independentes, enquanto outras, como Pentos e Myr, partilham muitas semelhanças culturais.

Pentos:

Pentos é um grande porto numa baia na costa oeste. Dominada por uma arquitectura
de torres de pedra quadradas, a cidade é liderada por um Príncipe que é escolhido pela classe dominante da cidade que são conhecidos como Magisteres. A cidade faz fronteira com o Mar Dothraki mas é poupada as invasões porque os seus habitantes pagam tributo aos lideres dos Khalasares.
Os homens de Pentos usam barbas ramificadas e pintadas. Como é muitas Cidades Livres a escravatura é proibida, mas o mais poderosos e ricos membros da cidade têm a habilidade para desprezar essa lei por metendo os seus servos com uma coleira de bronze.

Bravos:

Única entre as Cidades Livres, Bravos não foi uma colónia de Valíria, mas sim um refúgio secreto da expansão de Valíria.
Uma cidade de marinheiros constituída por pequenas ilhas, Bravos é conhecida pela sua Guilda dos Homens sem Rosto e pelo seu Titã uma enorme estátua que ao mesmo tempo serve como uma fortaleza defensiva.

Lys:

Lys é uma outra Cidade Livre que ocupa várias ilhas. Os Lisenos têm uma tendência para serem altos pele e olhos claros, ao contrário da maior parte dos habitantes das Cidades Livres. Lys é reconhecida pelas suas casas de prazer, treinando escravas na artes do amor e vendo-as como concubinas e escravas de cama.
Lys luta frequentemente pelo Controlo dos Degraus e das Terras Disputadas.

Qohor:

A Cidade de Qohor é situada no continente do leste, na vasta Floresta de Qohor. É conhecida pela tapeçaria e pelos seus ferreiros, que têm a rara habilidade de reforjar o aço valiriano, até mesmo infundir directamente diversas cores no aço.
A Cabra Negra é um proeminente Deus na cidade. A Guarda da Cidade é constituída unicamente por soldados eunucos chamados de Imaculados desde da batalha dos Três Mil. Onde 3,000 Imaculados conseguiram defender com sucesso a cidade contra mais de 25,000 cavaleiros Dothraki. Os Imaculados amarram tranças de cabelo humano nas suas lanças para comemorar as tranças cortadas pelo Dothraki em saudação aos defensores de Qohor.

Norvos:

Norvos situa-se no continente de leste, divide-se em duas partes,uma no topo de uma colina e a outra ao lado de um rio.
A cidade têm três grandes sinos, cada um com o seu nome e distintivo som, que tocam frequentemente. As áreas em redor são uma terra de colinas, quintas em socalcos e aldeias de estuque branco.
O clima é razoavelmente ameno. Os habitantes de Norvos podem ser reconhecidos pelos seus bigodes pintados e que se encontra penteados para cima.
A cidade é governada por um conselho de magisteres que são conhecidos por pagarem tributo aos klasahares Dothraki passantes.
É também a casa de um grupo de Sacerdotes Barbudos que treinam uma guarda de elite. Esses guarda tem juramentos de serviço e consideram-se casados com os seus distintivos grandes machados.

Myr:
Myr é uma cidade costeira reconhecida pelos mestres artesãos de lentes, as suas intrincadas rendas e magníficos tapetes.
Os habitantes de Myr tem a pele e os olhos escuros e tal como Norvos e Pentos os seus magisteres pagam tributos aos Dothraki passantes. Myr é o centro de comércio de escravos e dos seus vinhos nectares verdes. Myr luta frequentemente pelo controlo das Terras Disputadas.

Tyrosh:

A cidade-estado costeira governada por um Arconte, Tyrosh é infame devido a sua avareza. Os comerciantes negociam extensivamente em escravos e em brandy de pêra.
A cidade têm uma grande abundância de casas de prazer, mas elas não têm a mesma reputação das de Lys. Os ferreiros mestres de armaduras Tyroshi fazem intrincadas armaduras e com fantásticas formas. A cidade é um popular centro de recrutamento de mercenários. Tyrosh é muitas levada a guerra para o controlo das Terras Disputadas e dos Degraus. Os tyroshi usam muitas vezes barbas bifurcadas e pontiagudos bigodes pintados em cores brilhantes.

Volantis:

A Cidade Livre mais a sul, Volantis está situada perto da Baía dos Escravos e a maior parte do seu comercio baseia-se em escravos, vidros e vinhos.
Os mercenários volantenos são muitas vezes reconhecidos pelas suas caras tatuadas.
Não é incomum eles também tatuarem as caras dos seus escravos.
Volantis, de vez em quando também se envolve em conflitos para o domínio das Terras Disputadas.

Lorath:

Lorath é uma cidade porto situada num grupo de ilhas.
Enviar um comentário